VIVO NA CIDADE, MAS MEU ESPÍRITO CORRE NAS MONTANHAS

VIVO NA CIDADE, MAS MEU ESPÍRITO CORRE NAS MONTANHAS

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

TRIATHLON SANTA CECÍLIA TV - 3. ETAPA


Dia 29 de Agosto/2010 tive a oportunidade de participar da 3. Etapa do Triathlon Santa Cecilia TV em São Vicente. Como o clima estava frio, usei minha wetsuit na natação e acredito que meu desempenho vem melhorando a cada dia, embora ainda esteja engatinhando, se comparando aos outros atletas de nivel alto.

Como saí um pouco atrás na natação, não consegui pegar um pelotão na bike para ficar no vácuo, então fiz a primeiraa volta sozinho, o que me cansou bastante. Já na segunda volta em diante, pude ir revezando com outros atletas e fiz um pedal melhor.

Na corrida mantive um ritmo constante, talvez poderia ter sido melhor, mas consegui fazer uma boa prova, sendo que no final, consegui alcançar um atleta da minha caategoria no sprint, passando o mesmo, praticamente á uns 5 metros do pórtico de chegada, conquistando assim a 3. colocação em minha categoria, fechando a prova com o tempo de 01:12:33.

Com este resultado, continuo mantendo a 1. colocação no campeonato na minha categoria, mas estou focado no meu proximo triathlon, o x-terra em ilhabela, minha estréia em triathlon off-road.

Bons treinos á todos.

Bruno.

domingo, 5 de setembro de 2010

COPA PEDAL LEVE - 2. ETAPA - PIEDADE - SP

No domingo dia 22/08 participei da 2. etapa da copa pedal leve em Piedade/SP. Como conquistei a 2. colocação na primeira etapa em São Roque, esperava poder fazer uma boa prova novamente e continuar bem no campeonato, mas para minha surpresa, as coisas foram um pouco diferentes.


Logo na largada, minha bomba soltou do quadro, e fiquei alguns segundos pensando, se deixava ela lá e ia embora, correndo o risco de furar o pneu, e ficar "na mão", ou pegar ela arrumar novamente no quadro e perder um tempão em relação ao pelotão. Seguindo a lógica, peguei a bomba, arrumei, e fui pedalar atrás do prejuízo.


Como o circuito era muito técnico, sofri bastante durante a corrida, sendo que em uma descida em single track, deu a lógica, ou seja, levei um tombo, demonstrando minha falta de técnica neste tipo de percurso, e apesar de alguns ralões nos joelhos e cotovelo, levantei e segui em frente, tentando me recuperar mais uma vez.

Apesar de vários imprevistos, consegui conquistar a 5. colocação, e continuei na 2. colocação no campeonato. Como lembrança, levo um pódium e uns ralões no corpo, mas o que mais me preocupa, é o triathlon x-terra em Ilhabela em Setembro, afinal vou encarar o circuito mais técnico do Brasil em triathlon off-road.