ULTRA BRUNO RIBEIRO

ULTRA BRUNO RIBEIRO

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

COPA SÃO PAULO DE MOUNTAIM BIKE 2012



No domingo dia 05/02 resolvi mudar um pouco a rotina de treinamentos, deixando de lado o Triathlon Internacional de Santos, para fazer algo que realmente me traz diversão.
Completamente saturado dos treinos para o Iron Man 2012, ou melhor dizendo, os que estou conseguindo fazer, pois meus dois empregos estão tirando tudo de min, resolvi mudar de ares, afinal, não suportava mais a mesmise de sempre, piscina, bike na estrada e corrida na rua. Todos os dias pensava comigo mesmo: Eu gosto disso, mas cadê a diversão????
Seguindo este princípio, resolvi partcipar da Copa São Paulo de Mountaim Bike em São Sebastião para relembrar os velhos tempos de bike, no qual me ralava, me sujava, me machucava, mas principalmente me divertia e sentia a adrenalina ferver meu sangue, rasgando minhas veias a cada novo instante de prova.


Como não conhecia o percurso, fui surpreendido ao encontrar um amigo do Guarujá antes da largada, sendo que este disse que estavámos prestes a encarar um dos circuitos mais casca grossa do Brasil.
Saindo de São Sebastião, iríamos até Salesopólis no interior, num circuito de 52 km, com "apenas" 22 km de subida de serra no começo só para "quebrar" os que lá estavam.
Não sei se as intermináveis subidas eram mais foda do que o calor que fazia, afinal, os termômetros da cidade indicavam 37 graus ás 11:00 da manhã.
Por volta do km 10, já estava sofrendo bastante, mas algumas descidas pequenas compensavam o sofrimento, que continuava logo em seguida. Algumas subidas chegavam á ser tão ingremes que quase todos os atletas empurravam suas bikes, tamanha a dificuldade do local.




Após uma eternidade de subidas, as plaquinhas ao lado da pista indicavam a "caveirinha", ou seja, dowhill pela frente. Com medo de me machucar para o Iron, além é claro da falta de técnica, desci as montanhas vagarosamente, mas quando tinha a oportunidade descia a lenha também.

Ao final, fechei o percurso hiper mal, com o tempo de 03:20:10...pegando a nona colocação, dentre 21 atletas na categoria Pró Master A.
Independente das inúmeras dores pelo corpo, fiquei super feliz por conquistar um nono lugar em meio á 21 "cavalos" do mountaim bike, mas o mais importante é que sei que fiz a escolha certa, afinal, ao invés de participar de uma prova de triathlon, o qual um monte de gente que ao invés de se unir em prol do esporte, fica desfilando suas bikes super caras e suas roupas multicoloridas se achando o máximo, participei de uma prova com um monte de atleta que está lá se ralando no circuito em mata fechada, se autodestruindo, mas acima de tudo sempre com a camaradagem de sempre e principalmente, se divertindo a cada novo obstáculo durante a prova.



Valeu caras..que venha a próxima "guerra".
E que venha o "IRON" também.