ULTRA BRUNO RIBEIRO

ULTRA BRUNO RIBEIRO

sexta-feira, 23 de março de 2012

SAUDADES DA ESTRADA




Olá pessoal, como estou somente treinando para o Iron Man Brasil, sem participar de provas, não postei mais no blog como de costume.


Após sofrer um pequeno acidente em um treino esta semana, ao cair da bike depois de bater em um obstáculo na pista á 40 km/h e me ralar bastante, fiquei desanimado ao tentar nadar e perceber que está impossível, devido ás dores musculares, fruto da queda.


A dura rotina de treinos, visando o Iron Man, por si só já vem desgastando bastante, talvez a parte emocional ainda mais que a parte física, afinal, são poucas horas de sono, várias madrugadas acordando para ir treinar, e finais de semana quase sem proveito na vida social.


Em plena semana de treinos completamente específicos, a chateação bateu pesado em minha porta, principalmente ao olhar para o espelho e ver as olheiras e os hematomas no corpo, frutos do acidente citado anteriormente.


Nos últimos dois dias, ao dormir, acredito que a pergunta que mais martelava em minha cabeça era: Será que tudo isso vale a pena ?


Pois é, ás vezes penso um pouco á respeito, ai começo á relembrar o passado e logo a resposta aparece.


Á cinco anos atrás, não me imaginava correndo 10 quilômetros sem parar, talvez achasse aquilo uma jornada completamente fora dos limites da realidade....pelo menos para mim.


Aí comecei a correr aos poucos, depois comprei minha mountaim bike, a “bigorna”, ou simplesmente “biga” para os mais íntimos, e descobri que essa imensidão do nosso mundo esta sempre á espera para que possamos explorá-lo a cada dia.


A partir daí, fui fazendo trilhas, passeios, treinando e curtindo cada vez mais e quando penso em parar, olho lá atrás e vejo que aquele investimento valeu a pena, afinal aquele gordinho á cinco anos atrás não imaginava que hoje ele já teria completado 6 maratonas (conquistando o índice para a Maratona de Boston em uma delas), sendo uma Ultramaratona, conquistado 58 troféus e incontáveis medalhas, além de conhecer a Argentina, África do Sul, Nova Zelândia, além de 7 estados do nosso país e realizado os maiores sonhos de meu espírito aventureiro, como pular de pára-quedas, saltar de bungee jump, fazer rapel em cavernas, mergulhar com o tubarão branco, entre outros.


O que seria de nós se não sonhássemos?


Apesar de ter vivido tantas viagens, e principalmente ter convivido com tantas culturas diferentes, tenho sonhado tanto, pois a cada dia sei que inimaginável está logo ali adiante, esperando que batalhemos para chegarmos lá e principalmente adquirirmos uma nova conquista.


Tenho me esforçado bastante para me tornar um Iron Man, mas sei que daqui á 2 meses quando isto acontecer, vou me sentir ainda mais motivado e disposto a conquistar um desafio ainda maior, afinal procuro evitar o conformismo, pois desejo explorar cada vez mais, até porque a vida é muito curta para vivermos de qualquer outra maneira.


De todas essas realizações, tenho uma lista imensa e ela cresce á cada dia, então sei que não posso perder tempo e aproveitar essa vida maravilhosa que Deus me deu á cada segundo.


Vamos que vamos para o Iron Man, mas sem se acomodar, pois em Julho o desafio promete ser ainda maior, sempre sonhando em alcançar cada vez mais o inalcançável.


Semana que vem, dia 01/04/2012 mais uma Maratona para a lista....um treinão de luxo e tanto.



Obs: O cume do Aconcágua não sai da minha cabeça á anos.




Bons Treinos á todos e vamos curtir á beça.




Um comentário:

  1. Olá Bruno
    Belo texto. Como eu disse vc é um exemplo de perseverança, siga em frente, não se esqueça daquele livro que vc me emprestou Devoção, que fala da Equipe Hoyt, acho que ninguém nesse mundo enfrentou dificuldades igual aquele pai, e quantos Iron Mans ele participou?
    Siga em frente parceiro!
    Bjos. um ótimo final de semana.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir